contato@festivaldecinemaficc.com.br
QUANDO O SOL SE PÔR É O GRANDE VENCEDOR DO V FESTIVAL DE CINEMA FICC
33 - Equipe filme Quando o Sol se Por

Filme recebeu 6 premiações, incluindo Melhor Direção

A quinta edição do Cinema que fomenta valores aconteceu nessa quarta na Grande Sala da Cidade das Artes, que estava lotada. Equipes inteiras vieram prestigiar a cerimônia de premiação e torcer pelos filmes indicados. Foi o caso, por exemplo do grande destaque da noite, “Quando o Sol se Pôr” que segundo o diretor premiado Fábio Faria trouxe 40 pessoas de ônibus porque ele tem medo de avião. Uma aventura que valeu a pena, pois subiram ao palco 6 vezes para receber as estatuetas.

Cromossomo 21, outro premiado em 3 categorias, foi eleito Melhor Longa pelo Voto Popular e recebeu também o prêmio de Melhor Atriz para Adriele Pelentir que não pode estar presente mais foi lindamente representada por Fernanda, outra menina com a síndrome de down. Ao agradecer, ela falou que a história é de amor, um sentimento igual para todas as pessoas.

Como Melhor Filme Estrangeiro, Você acredita? foi o vencedor, numa categoria que já vai para o terceiro ano de premiação e tornou o Festival Internacional. Vejam os grandes vencedores do V FICC:

VOTO DO JÚRI ESPECIALIZADO:

Melhor figurino: Quando o Sol se Pôr
Melhor atriz: Adriele Pelentir (Cromossomo 21)
Melhor trilha/música: Quando o Sol se Pôr
Melhor ator: Aldebaran Bastos (A Ovelha e o Dragão)
Produção de Minuto: O Segundo Mandamento
Média metragem: O Resgate – Salvação ao Extremo
Curta metragem: Encontro com Jesus
Melhor série: Correntes
Melhor documentário: Analfabetismo Gospel
Melhor animação: 3 Palavrinhas – Volume 1
Melhor roteiro de longa metragem: Quando o Sol se Pôr
Melhor fotografia de longa metragem: Quando o Sol se Pôr
Ficção: Escolhas
Filme sócio-ambiental: Cromossomo 21
Teen: Eu Vou te Esperar
Clipe musical: Te Amei (Chris Durán)
Melhor filme evangelístico: O Resgate – Salvação ao Extremo
Direção de arte de longa metragem: Quando o Sol se Pôr
Melhor direção e longa: Quando o Sol se Pôr
Melhor filme estrangeiro: Você Acredita?

VOTO POPULAR

Longa metragem: Cromossomo 21
Média metragem: O Resgate – Salvação ao Extremo
Curta metragem: Piscina de Caíque
Série: Eu Vou te Esperar
Documentário: Inflamados pelo Amor
Animação: 3 Palavrinhas – Volume 2
Produção de Minuto: O Segundo Mandamento

O QUE É O FICC?

Recorde de inscrições - Cidade das Artes
Recorde de inscrições – Cidade das Artes

FICC é a sigla de Festival Internacional de Cinema Cristão, um evento cultural que visa premiar os profissionais do audiovisual pela capacidade técnica e artística em obras que fomentam valores, apoiam o socioambiental e promovem a inclusão social.

OS APRESENTADORES

A cerimônia de premiação acontece em novembro. Este ano foi pela primeira vez na Grande Sala da Cidade das Artes na Barra da Tijuca no Rio de Janeiro.  Teatro com capacidade para 1250 pessoas. Público que assistiu a apresentação impecável dos mestres de cerimônia, André Segatti e Aurora Bello. Além de prestigiar também os apresentadores Bianca Barbosa, André Câmara, Keff Oliveira, Stephannie Mello, Louise Nagel, Alessandra Gomes, Gil Vicente e Pablo Queiroz. Todos vestidos a rigor, com traje de gala e almas transbordando em emoção.

O TOQUE DE BELEZA MUSICAL

A abertura do Festival foi com música e dança. Constanza Felicio, uma bailarina de apenas 17 anos, presenteou o público com um lindo espetáculo de gestos suaves e firmes ao som do Hino Oficial FICC.

Outra presença marcante foi do cantor e compositor Michael Sullivan, que declarou para surpresa de muitos que há 21 anos já é convertido. Se ele é um dos maiores compositores do país, sua esposa, a cantora Anayle Sullivan é uma das mais belas vozes. Eles cantaram juntos “Socorro Deus” de autoria dele. Além dela iniciar cantando sozinha um dos grandes sucessos da sua carreira.

Na platéia a presença marcante da novelista Vivian de Oliveira, autora da Novela Os Dez Mandamentos, entre outros sucessos, e da nova novela da Rede Record, Apocalipse, que estreia no próximo dia 21.

E sob o comando e a regência do maestro, cantor e produtor musical Moses Gomes, Marcelo Faustini apresentou a música Aleluia com os cantores Thalita Pertuzatti, a Whitney Houston brasileira, Jairo Bonfim,  Alex e Alex, Pedro Lima e violoncelista  Abner Tofanelli.

EMBAIXADORA

A jornalista Berenice Bellato, apresentadora do Berenice & Voce da RedeTV, foi nomeada Embaixadora FICC como reconhecimento a seu apoio e divulgação do Cinema Cristão. Ela recebeu no palco a homenagem e nos bastidores gravou seu próximo programa falando apenas do FICC, com entrevistas exclusivas e imagens de tudo que aconteceu por lá.

RECORD DE INSCRIÇÕES

Um novo recorde de 176 obras inscritas. Os curadores selecionaram e a comissão julgadora escolheu os melhores em 20 categorias que receberam a estatueta FICC em clima de suspense, emoção e entusiasmo. Cada anúncio de vencedor era acompanhado de gritos eufóricos e aplausos calorosos da plateia. O mesmo para os 7 vencedores pelo Voto Popular. E no final, Veronica Brendler ainda anunciou uma nova categoria para 2018: Melhor Filme Esportivo. “Vocês que estão aqui já vão pensando num filme para concorrer ano que vem. Assim como o Cinema, o esporte ajuda a desenvolver e a formar caráter. Precisa ser valorizado”, concluiu a diretora.

DISTRIBUIDORA, TV E IMPRENSA HOMENAGEADAS POR INVESTIR NO CINEMA CRISTÃO

A distribuidora Paris Filmes, a Rede Boas Novas e o jornal Destake Gospel News receberam no palco uma homenagem especial: Certificado de Reconhecimento FICC para as instituições que mais propagam o Cinema Cristão. O programa Vida Nova do Apóstolo Ezequiel Teixeira recebeu das mãos do produtor musical, moses Gomes a Trilha Sonora com produção exclusiva e autorização de uso por tempo vitalício.

APOIO INSTITUCIONAL DA PREFEITURA DO RIO

Estiveram presentes o subsecretário André Marini e a diretora artística da Cidade das Artes Bel Kutner. Ela inclusive subiu ao palco para receber uma homenagem da direção do evento pelo apoio arte cinematográfica e aos festivais. Bel elogiou a cerimônia, que disse ter sido muito bela e acrescentou que sua ideia para o espaço é mesmo trazer os festivais. Outros já aconteceram e ainda acontecerão. Afinal a Grande Sala é mesmo digna de eventos de porte, pela imponência e sofisticação.

PRESENÇAS

Quem ocupou os 1250 lugares na platéia da Grande Sala e que são a razão do Festival foram diretores, produtores, artistas, roteiristas e diversos profissionais de todos os setores que abrangem a sétima arte. Também estiveram lá autoridades e jornalistas credenciados para cobertura do evento. A grande novidade foi que o FICC abriu pela primeira vez a participação do público, com entrada franca, e teve forte adesão. Quem compareceu, também vestiu a rigor e se encantou com glamour dos convidados e apresentadores, e principalmente em saber o quanto o Cinema Cristão está crescendo e aparecendo no país e no mundo.

www.festivaldecinemaficc.com. br
#FestivaldeCinemaFICC #FICC #CinemaQueFomentaValores #cinema #festival #CidadedasArtes #RiodeJaneiro #Brazil

VERONICA BRENDLER, DIRETORA E IDEALIZADORA DO FICC

Ela foi a última a subir ao palco para os agradecimentos finais. Veronica Brendler, diretora e idealizadora do Festival Internacional de Cinema Cristão foi ovacionada pela platéia. Ficou claro que os cineastas apoiam, se identificam e precisam desse tipo de premiação. Até porque compartilham com a opinião de que o FICC é para fomentar valores, apoiar o socioambiental e a inclusão social através da arte e da cultura. “O Festival de Cinema FICC é um projeto que nasceu no coração de Deus. Fazer o bem sem olhar a quem é incentivar outros a ações nobres e com a arte transformamos gerações”, disse Veronica Brendler ao povo que a aplaudiu de pé. Ela porém fez questão de levantar, assim como todos que subiram aos palco para agradecer e toda equipe. O FICC está cumprindo o seu papel, é a grande vitrine dos filmes cristãos, premia, une, fomenta, propaga e exalta o grande diretor de criação, Jesus.

EQUIPE TÉCNICA

Jackie Britto – Diretora Artística
Samanta Santiago – Diretora de Produção
Tarcilla Franklin – Diretora Tecnica
Moses Gomes – Produtor Musical e Criação de Arte
Paulo Leonel Franco – Diretor de Palco
Fabiano Gomes – Diretor de Iluminação
Rodnei Vasconcellos – Diretor de Filmagem
Marcelo José Rodrigues – Fotógrafo
Edison Vieira Jr – Fotógrafo
Mi Garcia – Fotógrafa
Abimael Cabral Santos – Técnico de Som
Claudio Barbosa dos Santos – Sonoplasta
Charles Torres – Projeção de Vídeo
Robson Novaes – Diretor de Comunicação Mkt e Publicidade
Iasmim Rizzon – Designer
Leandro Calazans e Geovane Brelas – editores
Johnny Prado – Web designer
Tatiana Aché – Cerimonialista
Wilson Bonfim – Relações Públicas
Rosaria Farage – Assessora de Imprensa
Nixxon Alves, Miguel Nagle e Fabiano Casa – Comissão Julgadora
Danielle Bloise – Diretora de Catering
Equipe Rede Boas Novas – Direção de Audiovisual
Veronica Brendler – Idealizadora e Diretora Geral

Deixe um comentário